5 coisas para você fazer todas as manhãs que irão mudar o seu dia

February 7, 2017

Desde que li 'O Segredo' de Rhonda Byrne uns dez anos atrás, comecei a me interessar bastante sobre o tema do poder que nossos pensamentos, postura e ações têm sobre nosso dia e sobre o que tiramos dele. Concordo com a autora - apesar de achá-la extremamente redundante e simplória algumas vezes - que nossos pensamentos nos levam a ações que trarão resultados - ou não - de acordo com a nossa programação mental. Para mim, a 'Lei da atração' ajuda mas está longe de explicar tudo. Se bastasse pensamento positivo e técnicas de visualização para atingir todo o sucesso que você for capaz de imaginar, muito provavelmente eu não estaria aqui. Acredite em mim, eu tentei!

A verdade é que realmente grande parte do que acontece em nossa vida, depende única e exclusivamente do modo como agimos diante das adversidades e oportunidades que se abrem em nossa frente. Contestável, eu concordo, é pensar que apenas pensamento positivo explica tudo.

Desde então, comecei a ler livros e ouvir tantos podcasts e TED talks quanto disponíveis sobre produtividade, pensamento positivo e mindset vencedor. Reuni e testei diversas dicas de grandes mentes sobre o que eles fazem para tornar o seu dia - e a sua vida, por consequente - mais produtivo e que me daria o direito de sentir que estou ao menos um passo mais próximo do meu sonho e do que planejo para minha vida.

Algumas dessas dicas se provaram inúteis para mim, mas outras, extremamente práticas e eficientes que faço questão de repeti-las constantemente em minha rotina diária, sempre que possível.

1) Faça sua cama.

Tim Ferris em seu mais recente livro 'Tools of Titans' - que, por sinal, foi um dos melhores livros que li nos últimos anos e recomendo fortemente - escreveu que "se você fizer sua cama de manhã cedo, terá cumprido sua primeira tarefa do dia. Isso te dará um breve senso de orgulho que vai te encorajar a correr atrás e cumprir mais uma tarefa, e outra, e outra." O simples hábito de arrumar sua cama - que vamos concordar não requer nenhum esforço descomunal e realmente não deveria ser trabalho de mais ninguém além de você mesmo -, vai se transformar em diversas outras tarefas cumpridas ao longo do dia e, mais importante, vai te dar a certeza de que as pequenas coisas importam em sua vida. A ciência também já provou que pessoas que fazem a própria cama todos os dias ao se levantar, são mais felizes e bem sucedidas do que aquelas que não se dão ao trabalho.

Se você ainda não tem este hábito, sugiro fortemente tentar. Não importa o quão atrasado você pareça estar. Fazer sua cama não vai demorar mais que 2-3 minutos e você só tem a ganhar - além de sua mãe/parceiro(a)/ajudante adorar!

2) Medite de 10 a 20 minutos.

Meditação tem sido, de longe, um dos exercícios mais poderosos que testei e incorporei em minha rotina diária nos últimos anos. Único hábito em comum de 8 em cada 10 das pessoas mais bem sucedidas em qualquer área, meditar tem forte impacto em seu desempenho mental e físico, dá a oportunidade para sua mente se desligar um pouco e traz um impressionante senso de consciência sobre seu corpo, sentimentos e atitudes; te desligando do piloto-automático por alguns minutos.

Se você não é muito familiar com meditação, existem diversas técnicas e ferramentas que podem te ajudar. Testei diversos aplicativos e recomendo Headspace ou Calm. Ambos usam técnicas de mindfulness que vão te guiar pelo processo de meditação de maneira fácil e didática. Os dois também têm versões iniciais que permitem testar a meditação por alguns dias antes de você ter que comprar a versão premium para avançar nas demais fases. Realmente valem a pena, mas antes de testar tenha certeza que seu inglês está relativamente bom. Infelizmente, ainda não existem versões em Português.

Se o seu problema for tempo - apesar de achar que acordar alguns minutos mais cedo para meditar é altamente recompensador - tente a técnica '3 minute Loving Kindness Meditation' de Chade-Meng Tan. É altamente simples e impactante. Basta parar por 3 minutos e pensar em três pessoas, uma de cada vez, que você conhece bem ou não, e desejar mentalmente que ela seja muito feliz no dia de hoje. Não precisa dizer nada a ela ou mudar a sua rotina. Apenas, do fundo do seu coração e consciência, diga para si mesmo: "eu gostaria que essa pessoa fosse feliz no dia de hoje". Pronto! Simples assim.

Deixa eu explicar. No momento em que deseja o bem para alguém, você vai despertar em si mesmo o sentimento de compaixão. Assim que esse sentimento aparecer, concentre-se nele e aproveite a sensação até que ele desapareça sozinho. Então, passe para a próxima pessoa da sua lista. Ao final de alguns dias praticando loving-kindness, você vai perceber uma forte mudança e vai se perguntar: "mas por que eu estou tão feliz?". Para mim, esta técnica serviu para constantemente me lembrar de que as minhas ações e pensamentos não são - nem devem ser - apenas sobre mim, mas também, e principalmente, sobre pessoas que estão ao meu redor.

 

3) Decida as 3 tarefas que você quer cumprir no dia de hoje, e as escreva em um papel.

Todos nós vivemos em um mundo altamente interconectado e atarefado. Trabalho, filhos, contas a pagar, desventuras, funcionários, tudo nos obriga a nos desdobrarmos em vários para dar conta. Assim, escolher apenas 3 tarefas para cumprir em um dia não parece ser suficiente, não é mesmo?

Eu também pensava assim, até que li o livro 'The Productivity Project' de Chris Bailey. Entre diversas outras dicas de produtividade que achei impressionantes, Chris consegue provar, por A+B, que não importa quão eficiente você é ou quão complicado são suas tarefas, o melhor a fazer é prioriza-las e se concentrar em realizar uma de cada vez. E, ao longo de um dia, três é o número ideal e atingível. Se você acabar escolhendo mais do que três, corre o risco de entrar em uma espiral de falta de foco, iniciando diversas tarefas sem completa-las com a dedicação e eficiência necessárias.

Então, quer terminar o dia com aquela sensação agradável de que atingiu - e concluiu - tarefas importantes para você no dia de hoje? Escreva em um pedaço de papel ou em seu smartphone (eu uso o Wunderlist para isso) as três tarefas que quer cumprir hoje, e reveja sua lista no final do dia. Se, por algum motivo você não tiver conseguido cumpri-las, tente refletir sobre o que te impediu de realiza-las e no que fazer para que você consiga com sucesso no dia seguinte. Isso te dará uma sensação realizadora de metas e planejamento e vai incorporar em você mesmo o hábito de constantemente priorizar o que é importante e reavaliar suas ações, em busca da melhora constante.

4) Entre em contato com uma pessoa que você não conversa faz um tempo.

De acordo com o Professor de Oxford, Robin Dunbar, nós conseguimos manter, em média, um círculo de amizade e relacionamento com cerca de 150 pessoas ao mesmo tempo, em qualquer uma das fases da vida. Assim como esse número pode parecer pequeno demais - sobretudo no mundo de mídias sociais em que vivemos atualmente -, quando paramos pra pensar, manter um relacionamento realmente pessoal e próximo com 150 pessoas é trabalhoso e requer algum esforço de manter contato. Ao mesmo tempo, já falei aqui e em diversas outras ocasiões sobre a importância de manter um Networking saudável para alcançar suas metas de vida. É crucial!

Então, estabeleça para si mesmo a meta de entrar em contato com pelo menos uma pessoa todos os dias que não faça parte do seu ciclo profissional ou familiar cotidiano. Pode ser uma ligação breve, um email ou mensagem para se atualizar das novidades e reforçar que aquela pessoa é importante para você e faz falta. Isso vai reativar e expandir seu círculo de networking e te abrir a possibilidades. Tudo no mundo gira em torno de pessoas, e é delas que surgem as oportunidades de um negócio novo, um contato importante e até aquela dica que você ainda não tinha pensado para resolver o problema que está lhe tirando o sono. Além do mais, o que pode ser melhor do que começar o dia com um papo gostoso com aquele amigo distante?

5) Faça um exercício físico.

Eu nunca fui uma pessoa muito matinal, sempre detestei acordar cedo. Também nunca fui muito de praticar diversos esportes e me exercitar. Mas, neste último ano, descobri um prazer imenso em realizar minhas atividades físicas bem cedo. Além de me dar a disposição que preciso para o resto do dia e desafiar o pré-conceito que eu tinha sobre mim mesmo por todos estes anos, a sensação de dever cumprido logo de manhã é transformadora e se assemelha a de arrumar minha própria cama todos os dias.

Se você for igual a mim, tente se desafiar e agende a sua atividade física nas primeiras horas do dia. O seu corpo é altamente adaptável e, apesar de ser bem difícil nos primeiros dias eu confesso, não vai demorar muito a se acostumar e descobrir que eliminar aquele exercício da lista de afazeres do dia logo cedo é bem melhor do que parece. Para mim, ajudou bastante ter alguém me esperando e que eu vá deixar na mão caso não levante da cama logo e vá. Pode ser um professor, amigo ou companheiro de academia.

Se, por alguma razão, você não conseguir praticar sua atividade física antes do trabalho ou escola, faça um breve alongamento e dez repetições de alguma série (pode ser flexão de braços ou polichinelos por exemplo) em casa mesmo por alguns minutos. Seu corpo e mente vão te agradecer!

Espero, de verdade, que estas dicas sejam úteis e te ajude pelo menos um pouco. Se você tentar alguma delas, por um dia que seja, adoraria ouvir suas impressões. Deixe um comentário aqui embaixo ou escreva para marconesiqueira@hotmail.com. É sempre muito motivador ouvir de vocês.

Muito obrigado!

Marcone Siqueira

 

Leia também os meus outros artigos aqui no LinkedIn:

 

Please reload

Direitos Reservados

Guia Indicador - Dez Anos